sábado, 27 de maio de 2017

CONSELHO APROVA CURSO DE DIREITO NA UERN ASSÚ

O Conselho Universitário do Campus da UERN Assú aprovou nesta sexta-feira (26) por unanimidade, a implantação do curso de Direito.

O Governador Robinson Faria usou as redes sociais para comentar o assunto. Confira o relato a seguir: "Aos estudantes do Vale do Açu, tenho uma boa notícia: foi aprovado o projeto para a implantação do curso de Direito na UERN em Assú, no Conselho Acadêmico-Universitário do Campus. Um compromisso que assumi no início do governo e que hoje já está caminhando para ser concretizado. Tudo se encaminha para que em 2018 o curso já esteja implantado."

Fonte: Rabiscos do Samuel Junior



quinta-feira, 18 de maio de 2017

SEBRAE APRESENTA O PROJETO LEITE E GENÉTICA E DÁ INÍCIO AO CICLO DE ADESÃO

O SEBRAE deu início na manhã desta quinta-feira (18), a apresentação e adesão ao Projeto Leite e Genética. A apresentação que teve início as 10:00 hs no Escritório Regional do SEBRAE em Assú, pelo Diretor do SEBRAE de Assú, o Sr. Fernando de Sá leitão e que foi conduzida pelo Gestor Estadual Acácio Brito, onde o mesmo abordou como assunto principal, o objetivo do projeto, que é contribuir para o desenvolvimento genético das boviniculturas de Leite e Corte no estado do Rio Grande do Norte, também como: Identificar, organizar, estruturar e melhorar, de maneira estratégica a oferta de leite e carne. O projeto contempla o CRIATF Leite e Corte (atendimentos com Rufião Móvel e Vaca Móvel + IATF) e o Geneleite/Genecorte (FIV). O SEBRAE custeia 70% do valor das consultorias prestadas na propriedade e o produtor entra com 30%.
O foco desse trabalho são consultorias tecnológicas com foco na elevação da produção e produtividade da carne e leite bovino.

Para quem tiver interesse em aderir ao projeto Leite e Genética do SEBRAE/RN, corra que ainda dá tempo, vale lembrar que as adesões se encerram dia 31/05. 

Para maiores informações é só ligar para o número (84) 3331-8304




segunda-feira, 15 de maio de 2017

BLOG COLUNA DO VALE DE CARA NOVA!

É com imensa satisfação que apresento aos meus fiéis leitores, a mais nova logo do Blog Coluna do Vale. O blog, que foi criado com o intuito de mostrar a realidade do município e passar as informações de maneira clara e objetiva, sempre com coerência e responsabilidade, passa por uma transformação significativa para melhor apreender a atenção dos nossos leitores. A empresa de publicidade Destak, mais uma vez deu um show de arte, desenvolvendo uma logo criativa e bastante chamativa no que diz respeito a expressão de comunicação. Quero aqui parabenizar a pessoa de Franklin Ramon, proprietário da Destak Publicidades pelo maravilhoso trabalho, parceiro e amigo, além de um excelente profissional que vem conquistando a cada dia novos clientes, que buscam um trabalho com qualidade e criatividade.


ASSÚ: PREFEITURA PRIORIZA COOPERATIVA RURAL, EM DETRIMENTO DA MAIORIA DOS PEQUENOS PRODUTORES RURAIS

Sem apresentar nenhum esforço no sentido de auxiliar o pequeno produtor rural do Assú, eis que a prefeitura do Assú anda a otimizar uma parceria com uma Cooperativa rural, objetivando a promoção e a venda de produtos orgânicos, em feiras itinerantes, de agricultura familiar.

A parceria com a cooperativa que anualmente celebra contrato (através de processo licitatório e de dispensa de licitação) para o fornecimento de produtos da agricultura familiar, os quais suprem as determinações do plano nacional de merenda escolar, é um verdadeiro paradoxo na política de apoio ao pequeno produtor rural, apresentada pela PMA.

E o paradoxo está exatamente na total inércia da PMA, no sentido de apoiar o pequeno produtor rural, uma vez que nesta atual gestão não fez qualquer esforço para que estes fossem inseridos no projeto de corte de terra (apoiado pela Petrobrás), e em razão disso, a produção de alimentos não acontecerá na proporção devida, fato esse que os levará a ter uma produção menor e, consequentemente, o município não terá uma circulação de moeda esperada.

Pergunta que não quer calar: a quem interessa a precarização do pequeno produtor rural assuensse?

Segundo assessores da PMA, as feirinhas de produtos orgânicos de apenas uma cooperativa rural, acontecerá em diversos pontos da cidade e... os demais pequenos produtores rurais que se...virem.

Paradoxos...paradoxos...

Por Ana Valquíria




Foto: Blog Pauta Aberta



sexta-feira, 12 de maio de 2017

5 SITUAÇÕES NAS QUAIS O WHATSAPP PODE SUSPENDER A SUA CONTA TEMPORARIAMENTE

Quem, hoje em dia, não tem Whatsapp instalado no celular - e passa boa parte do dia checando mensagens, batendo papo com alguém ou compartilhando bobagens com grupos da família e amigos? Pois pouca gente lê as informações sobre os termos e serviços do aplicativo e sabe que a conta pode ser suspensa temporária e até definitivamente se a companhia achar que o usuário cometeu alguma irregularidade.



Aliás, não nos referimos aqui aos bloqueios que acontecem por alguma determinação da Justiça - como já ocorreu aqui no Brasil em mais de uma ocasião. Na verdade, de acordo com José Ángel Plaza López, do portal El País, se a empresa entender que o usuário violou suas regras de uso - em especial as mencionadas em "Uso aceitável de nossos serviços" - , ela pode suspender o serviço.

Castigo

Segundo José, quando acontece de o pessoal do Whatsapp identificar algum problema, o usuário recebe uma mensagem avisando da suspensão do serviço. A pessoa pode tentar reverter a situação entrando em contato com a companhia por meio de e-mail para se explicar, mas, se a empresa achar que a violação foi grave, a conta pode desaparecer de forma permanente após 72 horas.

No entanto, no caso de infrações mais brandas, a suspensão é temporária e a conta geralmente volta a ser reativada no prazo de 24 horas. Conforme apontou José, vale destacar que o pessoal do Whatsapp não é especialmente detalhista na hora de especificar o que, exatamente, pode levar à suspensão do serviço, mas algumas situações são essas que você pode ver a seguir.

1 - Envio exagerado de mensagens



Se um usuário manda mensagens demais - infelizmente, nos termos de uso a companhia não especifica a quantidade - , ele pode ter a conta suspensa. Mas, caso você seja do tipo rápido nos dedinhos e mande recados o dia todo, não se preocupe. A situação se aplica no caso de quem envia um grande volume de mensagens a pessoas que não tem o número do remetente na lista de contatos. Assim, para evitar o bloqueio, certifique-se de que os seus destinatários contam com você na agenda do celular.

2 - Criação exagerada de grupos



Se um usuário cria muitos grupos - novamente, a quantidade não é especificada nos termos de uso - com pessoas que não constam na sua lista de contatos, o pessoal do Whatsapp pode suspender o serviço temporariamente. Como proceder caso você seja o rei das "panelinhas"? Siga o mesmo conselho que foi dado no item anterior e verifique se os integrantes dos seus grupos salvaram o seu número de celular na agenda.

3 - Repetições



Pessoas que enviam a mesma mensagem para um grande número de contatos também podem ter as contas suspensas. O pessoal do Whatsapp não especifica qual seria a quantidade considerada exagerada, para variar, mas, segundo José, uma saída seria lançar mão de um recurso da empresa chamado Lista de Transmissão - e que, basicamente, permite o envio de mensagens a uma lista de contatos como se tratasse de uma cópia oculta de e-mail. Entretanto, para não violar os termos de uso, os destinatários devem ter o seu número na agenda.

4 - Muitos bloqueios



Um cara que foi bloqueado por muitos usuários em um curto período também pode ter a conta do Whatsapp suspensa. Como você já deve ter deduzido, a companhia não divulgou o número de bloqueios que podem levar à punição, mas se ocorrerem  muitos deles em pouco tempo, ela pode entender que a pessoa está fazendo uso indevido do serviço e enviando mensagens para destinatários desconhecidos que não querem recebê-las.

5 - Porque sim

Além dos motivos listados acima, se o pessoal do Whatsapp considerar que determinada pessoa está fazendo uso indevido de seus serviços, a companhia pode simplesmente suspender a conta e pronto. Conforme mencionamos anteriormente, o usuário pode recorrer a essa decisão se achar que ela foi fruto de erro e pedir mais informações sobre o caso, assim como contatar a companhia para se defender.




quarta-feira, 10 de maio de 2017

ESTUDANTES DE ASSU CORREM RISCO PARA IREM A ESCOLA

Como não fosse suficiente o total descaso administrativo, a gestão 'Gente cuidando de Gente', que tem como prefeito o Sr. Gustavo Soares, está de forma irresponsável transportando alunos do ensino municipal de forma errada e sem a mínima segurança. Ônibus super lotados, motoristas sem preparação para transportar alunos, alunos em pé no corredor do ônibus correndo riscos de morte até. Onde está o Ministério Público do Assú que não está tomando as devidas providências para solucionar esse problema? São crianças que estão sendo transportadas, existe um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) firmado entre Prefeitura do Assú e MP que rigorosamente cumprido até o final de 2016 para adequação do transporte escolar, mas esse ano, esse TAC não está sendo cumprido, a população clama ao MP que tome providências urgentes antes que o pior aconteça. Pede-se que algo seja feito para que esse problema seja resolvido.